Imprensa

12 jan 2015
Determinação da ANS pretende estimular o parto normal e reduzir o número de cesarianas no País

Determinação da ANS pretende estimular o parto normal e reduzir o número de cesarianas no País

Data: 12/01/2015 Veículo: Rádio CBN Resolução publicada pela ANS pretende estimular o parto normal e reduzir o número de cesarianas desnecessárias no País. Com a determinação, as operadoras de saúde terão de disponibilizar informações para gestantes e orientar os médicos para o uso do partograma. O número de cesarianas na rede privada é cinco vezes maior que o considerado aceitável pela Organização Mundial da Saúde. No SUS, a prática corresponde a 40% dos partos e pelos planos de saúde, 84%. O advogado Julius Conforti foi entrevistado pela Rádio CBN sobre as implicações jurídicas da mudança para as gestantes.